Imóvel Locação – Apartamento | José Menino, Santos

Ref: AP0426

  • José Menino/ Santos
  • Apartamento
  • 9º andar
  • 3 dormitórios
  • 1 banheiro social
  • sala 2 ambientes
  • dependência de empregada completa
  • área de serviço
  • armários embutidos no banheiro e na cozinha
  • piso frio
  • 2 vagas na garagem
  • Prédio c/ portão eletrônico
  • vista para o mar
  • elevador

Valor do pacote de locação: R$ 2.500,00

SIGA-NOS NO TWITTER (@MyxImoveis)
CURTA A NOSSA FAN PAGE: (http://www.facebook.com/MyxImoveis)

Anúncios

Imóvel locação – Apartamento | Marapé, Santos

Ref: AP0438

  • Marapé / Santos
  • Apartamento
  • 2 dormitórios
  • c/ vista livre
  • 1 banheiro
  • sala
  • cozinha
  • área de serviço
  • piso taco de madeira
  • 1 vaga em garagem fechada
  • Imóvel todo pintado
  • pronto para morar.
  • Prédio 3 andares
  • apto no 3º andar

Valor do pacote de locação: R$ 1.300,00

SIGA-NOS NO TWITTER (@MyxImoveis)
CURTA A NOSSA FAN PAGE: (http://www.facebook.com/MyxImoveis)

Imóvel – Apartamento | Marapé, Santos

Ref: AP0475

  • Marapé/ Santos
  • Apartamento 3 dormitórios sendo 1 suíte
  • 4 banheiros
  • lavabo
  • cozinha
  • sala 2 ambientes
  • sacada
  • área de serviço
  • wc empregada
  • 2 vagas na garagem.
  • Prédio com lazer completo
  • parque aquático
  • quadra de tênis e poliesportiva
  • Aceita financiamento
  • Em Fase final de construção

SIGA-NOS NO TWITTER (@MyxImoveis)
CURTA A NOSSA FAN PAGE: (http://www.facebook.com/MyxImoveis)

Como usar azulejos na decoração

Usar azulejos na decoração não é apenas prático. Muito charmosos, eles personalizam qualquer ambiente. Aqui, quatro exemplos de composições certeiras

Azulejos na decoraçao

Novos ares
Dá para modernizar a casa sem quebrar a parede. Os adesivos para revestimentos, como os da In House usados nesta copa, são colados sobre o azulejo velho. Outra ideia são os ladrilhos hidráulicos de plástico reciclado, da Duo Design Studio, que podem ser colados sobre qualquer superfície lisa. As duas opções não são recomendadas para áreas úmidas e duram, em média, três anos.

Azulejos na decoração

Mosaico mágico
Para o arquiteto Fabio Galeazzo, o revestimento colorido e diferente ajuda a dar um toque de arte aos lugares de uso rotineiro. Assim, Fabio elaborou uma pia charmosa, além de funcional. A dica é misturar os azulejos sem repetir padrões. “Deixe a harmonização acontecer ao acaso”, diz o expert. Faça assim: compre as peças em cemitérios de azulejos – lojas que reúnem sobras e coleções antigas – (cada uma custa entre R$ 3 e R$ 6), espalhe no chão e brinque até encontrar um desenho que a agrade. Fotografe e use a imagem como um mapa na hora de fixá-las.

Azulejos na decoração

Está procurando imóvel em Santos e região?
Na Myx Imóveis você acha!
– O MELHOR MIX DA REGIÃO

Objeto de desejo
Estilosa, a mesa lateral com tampo de azulejos é uma ótima pedida para alegrar ambientes clássicos. A arquiteta Clélia Regina Ângelo (SP) ensina como fazer: “Aplique os azulejos numa base que você pode encomendar para o marceneiro ou serralheiro”. Mas lembre-se que a arte só funciona em mesas que não são usadas para escrever.

Azulejos na decoração

Ousadia pura
O patchwork feito com cores parecidas é perfeito para separar os ambientes. Nesta sala, as peças no teto e na parede servem para delimitar a área de jantar. A composição perfeita dos azulejos não foi à toa: a arquiteta Carla Dichy usou o kit da Pavão Revestimentos, que já vem com o mosaico pronto. Mas você pode criar o seu. Observe as cores e as formas dos objetos da sua sala e monte o painel combinando.

Fonte: abril.com

Imóvel – Apartamento | Gonzaguinha, São Vicente

Ref:  AP0491

  • Gonzaguinha / São Vicente
  • Apartamento 2 dormitórios
  • Sala 2 ambientes
  • 1 banheiro
  • área de serviço
  • cozinha
  • piso em carpete / cerâmica
  • 1 vaga por apato
  • Prédio com 9 andares
  • elevador
  • portão eletrônico
  • Aceita financiamento

Valor de venda: R$ 280 mil

Uso e significado do espelho na decoração

Espelho na decoração

Elaine Rabinovitch, psicóloga social e autora da tese “Vitrinespelhos-Brasil”, sobre o modo de morar e os ornamentos das casas populares brasileiras, defende que os objetos da casa não só retratam como conduzem mudanças no comportamento e nos valores.

Nesse sentido, o espelho pode sair de um lugar meramente decorativo, ou da herança chique aristocrática – associada aos valores tradicionais e aos bons modos -, para atuar como elemento transformador do espaço, pois dialoga com portas envidraçadas, aumenta a refração da luz, multiplica seu lado brilhante, oferecendo novas possibilidades.

Os jogos de espelhos podem ter várias funções. Basta colocá-los em posições estratégicas para promover uma verdadeira revolução:

· Criar uma janela a mais no ambiente, trazendo a luz de fora;

· Transportar a paisagem externa para o ambiente interno (jardim, piscina);

· Criar ilusão de amplitude em pequenos espaços ou de continuidade de um ambiente (no final de um corredor, por exemplo).

Contra o mau-olhado

É na entrada da casa, de preferência no hall, bem de frente para a porta, que inúmeras tradições recomendam a colocação do espelho como guardião. Como se as forças maléficas não pudessem atravessar a face brilhante, o vidro gelado do espelho.

Houve um tempo em que os pesquisadores e místicos acreditavam que a luz saía do olho humano e iluminava os objetos, portanto o olhar era capaz de emitir maus fluidos.

Está procurando imóvel em Santos e região?
Na Myx Imóveis você acha!
– O MELHOR MIX DA REGIÃO

Como são feitos os espelhos

As primeiras imagens refletidas foram obtidas no Egito e na Grécia antiga, com polimento de ouro, prata e bronze. Assim foi até o século XIV, quando os artesãos da cidade portuária de Veneza, na Itália, descobriram a técnica de produção de espelhos a partir de chapas de vidro e cristal, cobertas com estanho ou mercúrio. Os segredos dessa arte eram guardados a sete chaves e os artesãos trabalhavam sob vigilância.
Os espelhos móveis venezianos, tão caros quanto joias, rechearam os grandes castelos e salas da aristocracia até o século XVIII. Além de decorativos, eram símbolos de riqueza e ostentação.

No Brasil, os espelhos eram produzidos até há bem pouco tempo artesanalmente, de vidro, pois o cristal era caríssimo, importado da Bélgica. “A diferença entre vidro e cristal depende da quantidade de chumbo adicionada na fabricação da chapa – quanto menos chumbo, mais puro é o cristal. A face brilhante é feita à base de nitrato de prata. Para reconhecer a qualidade do espelho é preciso olhar na diagonal: o vidro produz ondulações e o cristal é totalmente plano, sem distorções”, explica José Seixas, artesão de uma tradicional vidraçaria, instalada há anos em São Paulo.

Restaurar não compensa

Preços baixos e grande variedade de modelos industrializados desencorajam a restauração desses objetos e raramente compensa dar um novo banho de prata numa peça muito danificada.”É impossível corrigir manchas antigas que já penetraram na superfície do vidro”, diz o artesão.

A única maneira de garantir a durabilidade dos espelhos é mantê-los longe da umidade. Por isso, os de banheiro têm vida mais curta. A garantia de qualidade fica por conta da tradição do fabricante.

Fonte: abril.com

Decoração no inverno

Inverno é a estação da preguicinha, da vontade de não levantar da cama e, claro, de curtir os dias frios assistindo a um bom filme. Para aproveitar esse momento sem sair de casa, confira as dicas de decoração de quatro profissionais para tornar seu lar mais aconchegante e quentinho.

Iluminação

A luz pode ser o ponto de partida para um lar acolhedor. Dê preferência às lâmpadas com cores quentes (amareladas) e iluminação indireta, como abajures e luminárias.

Cores

Tons quentes, como o nome sugere, também aquecem a casa. “São cores que transmitem sensação de calor ao ambiente e, ao mesmo tempo, trazem energia às pessoas, o que é fundamental nos dias gelados, que geralmente provocam um pouquinho de preguiça”, explica a designer Desirée Sessegolo.

Tapetes

Só de pensar em pisar no chão gelado em pleno inverno já causa arrepios, não é mesmo? Para evitar este incômodo, nada como tapetes e carpetes, que se tornam grandes aliados quando o piso é frio (de cerâmica).

Layout

Nada como ter onde descansar e curtir o friozinho do inverno. “Por isso, sugerimos modificar o layout, por exemplo, do living, criando pequenos conjuntos de poltronas, namoradeiras, mesinhas e puffs”, indica a dupla de arquitetos da AMMA Boutique de Arquitetura, que lembra que até a cozinha pode receber alguns móveis confortáveis a mais.

Lareiras

Muitos fogem das lareiras por considerá-las caras e agressivas ao meio-ambiente. No entanto, existem as opções ecológicas, que produzem pouco CO2 e não precisam de nenhum tipo de instalação elétrica ou de gás, tampouco de lenha. “Além disso, elas são portáteis, podendo ser colocadas em livings, home theaters e banheiros”, comenta Caio.

Está procurando imóvel em Santos e região?
Na Myx Imóveis você acha!
– O MELHOR MIX DA REGIÃO

Madeira

Esse material tem o poder de reter calor, deixando a casa mais quente. Vale apostar em painéis e pisos de madeira: “Os pisos e carpetes de madeira são mais apropriados para andar descalço, pois são pisos mais quentinhos”, explica a arquiteta Adriana Fontana.

Papéis de parede

Revestir as paredes maiores torna a casa mais quentinha. “Opte pelos tons berinjela, vermelho queimado, azul-marinho, marrom e cinza-escuro, que são cores que proporcionam uma sensação de aconchego e bem estar no inverno”, completa a arquiteta Vanessa Trad.

Almofadas

Trocar as capas das almofadas é uma medida simples e barata. “Você pode usar capas de algodão, linho, camurça, suede e também de tricô”, ensina Beatriz Andreazza Morbin. Outra dica é usar capas de veludo ou chenille e aumentar o número de almofadas espalhadas pela sala, trazendo mais conforto.

Velas

Naturalmente quentes por causa do fogo, até a luz da chama ajuda a aquecer o ambiente. “Velas proporcionam uma ambientação muito gostosa. A iluminação dela decora, e se tiverem perfumes suaves, melhor ainda”, aconselham os irmãos Andreazza.

Cortinas

Embora muitos optem por não trocar as cortinas ao longo do ano, quem quer um lar mais acolhedor pode apostar em tecidos especiais para o inverno. A dupla de arquitetos da AMMA Boutique de Arquitetura indica tecidos em varão suíço, como linho, seda, crepe, com barrados de até 50 cm. “Cortinas devem ser feitas com um tecido mais fechado, um linho com forro. Algo que barre qualquer vento que a janela possa ter deixado passar”, adiciona Adriana.

Mantas

Nada como ter uma manta por perto quando o frio bate mais forte. “Elas devem ser de tricô ou linha e podem estar ‘jogadas’ no sofá de modo a cobrir o assento e parte do encosto, dando uma sensação de um ‘abraço’”, completa Adriana.

Fonte: UOL