Decoração em estilo Industrial

EstiloIndustrialPrimeira

Na década de 1950, a cidade de Nova York começou a apresentar uma nova tendência de moradias: os lofts. Fábricas, galpões, galerias de arte e até mesmo garagens foram adaptados. As estruturas rígidas criaram um contraste visual impactante com os lares tradicionais, fugindo dos padrões e propondo certa irreverência e flexibilidade à composição. Todo esse movimento ficou conhecido como estilo industrial, uma opção moderna, urbana e contemporânea para decorar.

EstiloIndustrial-Loft

Este loft foi projetado por Guilherme Torres, um dos grandes arquitetos e designers brasileiro do momento. Guilherme criou um lar masculino com características contemporâneas. Aço, cimento e cores sóbrias fazem referência ao conceito industrial. Outra ideia interessante foi utilizar o espelho no tetopara descontrair e explorar a amplitude do local.

Estilo-Industrial-Espacos-

Espaços integrados

Para aproveitar o melhor dos 50m² da casa,Guilherme Torres trabalhou com espaços completamente integrados. Os ambientes também empregam elementos industriais para funções domésticas, como é o caso do barril servindo como lavatório. A mesinha ao lado da cama se destaca com seus aspectos desgastados que fazem oposição à modernidade da decoração industrial. Assim, o arquiteto demonstrou como é possível combinar diferentes estilos com bom gosto e criatividade.
EstiloIndustrial-Identidade

Identidade e bem-estar

Aqui temos outro projeto em que o cômodo inteiro carregue as marcas do estilo industrial: teto sem forro, concreto e tubulação elétrica aparente. A roupa de cama e o quadro levam vida ao ambiente e criam um belo efeito visual com o piso iluminado e os tons do cinza. A iluminação natural sugere bem-estar, permite economizar energia e cria um diálogo com o exterior da casa.
Estilo-Industrial-Cozinha

Cozinha planejada

A cozinha foi planejada com um típico layout industrial em que o cinza é a cor predominante. Para tornar a composição mais acolhedora, o projeto apostou na presença da madeira. Os tons deste material criam um contraste expressivo com as tubulações aparentes, outra característica bastante comum em lofts. As janelas amplas e o piso de resina garantem a luminosidade do local.
Fonte: Revista Westwing
Leia Também:
Anúncios

Páscoa em família

Pascoa em familia

O feriado chegou: é hora de relaxar e aproveitar esses deliciosos dias de descanso para se divertir. Que tal fazer do dia de Páscoa uma ocasião especial, com um passeio animado para os pequenos e um saboroso almoço em família?

Alegre a turminha

Se você tem crianças pequenas, aproveite para fazer uma maquiagem caprichada. Com tinta própria para pintura infantil faça os rostinhos dos coelhos (nariz cor-de-rosa e bigodes nas bochechas). Depois, é a vez das orelhas de cartolina – fixe-as em tiaras e prenda-as na cabeça da garotada. Todo mundo vai adorar!

Passe a manhã em uma praça ou parque e invente brincadeiras divertidas, como queimada e corrida. Não se esqueça de levar também bola, bicicleta, peteca etc., para deixar o dia ainda mais animado. Se for empinar pipa, mantenha distância dos fios elétricos. Boa diversão!

 

 

A origem dos ovos e coelhos

Muita gente tem dúvidas sobre a origem desses símbolos. Afinal, coelho nem bota ovo, não é? Para entender melhor, é preciso fazer uma longa viagem no tempo… Afinal, o ovo é um símbolo muito antigo, anterior ao Cristianismo, que representa a fertilidade e o renascimento da vida. Antigamente, na época da Páscoa, costumava-se pintar um ovo oco de galinha de cores bem alegres, já que, para os cristãos, essa festividade comemora a ressurreição de Jesus Cristo, e o ovo simboliza o nascimento. Essa tradição se espalhou pelo mundo. O Rei Eduardo I de Inglaterra oferecia ovos banhados em ouro aos seus súditos preferidos. Luís XIV de França costumava presentear com ovos pintados e decorados. Assim, começou a moda dos ovos artificiais – de madeira, porcelana e metal –, que continham alegres surpresas em seu interior.

Já a tradição do Coelho da Páscoa vem do fato de que os coelhos são notáveis por sua capacidade de reprodução. Como a Páscoa comemora a ressurreição e o renascimento, os bichinhos se tornaram símbolo dessa festividade.

 

Você procura por apartamentos em Santos? Não perca mais tempo procurando por aí. O imóvel perfeito está na Myx Imóveis. Clique e conheça!

Apartamentos em Santos. Apartamentos para alugar ou vender. Myx Imóveis

 

Delícias para o almoço em família

A ocasião merece uma mesa bonita, com pratos saborosos que agradem crianças e adultos. Afinal, este é um momento de confraternização e alegria. Mas nem por isso você precisa passar horas na cozinha. Opte por receitas gostosas, práticas e saudáveis para que você possa curtir a companhia da sua família sem se estressar. Faça a lista de compras, vá ao supermercado e prepare o que for possível com antecedência. Se for servir um bacalhau – o prato típico desta festividade –, lembre-se de que é preciso deixá-lo de molho na noite anterior para tirar o excesso do sal. Quer outras opções para o almoço de Páscoa? Sirva um delicioso robalo acompanhado de um arroz mais incrementado!  Para a sobremesa, que tal um doce de abacaxi com coco ou ainda uma Colomba Pascal com goiabada feita por você mesma?  Depois, é só relaxar, descansar e aproveitar os elogios.

Boa Páscoa!

 

Fonte: Portal Vital

Leia Também

Estantes decoradas. O que e como usar.

Estante é um móvel que não falta em casa nenhuma. Elas são práticas, modernas e lindas. Mas, você sabe como decora-las? Como arrumar os objetos para ela ficar ainda mais bonita? Essa dúvida sempre surge quando um item novo chega na decoração. A primeira coisa a se fazer é identificar o estilo de decoração que você deseja. Se a intenção é expor os objetos de uma forma prática para facilitar o dia-a-dia, a disposição será de uma forma. Agora se você só quer decorar o móvel mesmo, fica ainda mais fácil. Veja as dicas:

estantes arrumadas

Se você vai usar os objetos com frequência e sempre terá que tirá-los do lugar, a dica é organizar por ordem de uso e fazer o “teste do uso”, ou seja, verifique se ao tentar pegar alguma coisa você não acaba esparrando em outra. Se a sua decoração é cheia de detalhes e você possui muitos objetos, organiza-los em caixas e bandejas dentro da estante pode ser uma solução. Mas lembre-se: nada muito complicado de mexer, se não adeus praticidade. Outra dica é orientar a decoração pelos itens que você deseja dar mais enfoque.

estantes arrumadas

ENFEITANDO O MÓVEL

Para conseguir um efeito mais dinâmico e interessante é legal usar objetos de alturas e tamanhos diferentes. Por exemplo, vários porta-retratos de diferentes medidas e formatos, ou ainda vasos. São muitas as opções. Livros e revistas também podem ser objetos de decoração. Use-os empilhados. Eles podem, até mesmo, servir de apoio para outros enfeites. Para dar uniformidade à estante, você pode usar conjuntinhos, como por exemplo, 3 esculturas iguais.

estantes arrumadas

Não tenha medo de misturar cores e materiais. Tons diferentes fazem a diferença no visual! Se você não sabe que objetos usar para decorar, não se preocupe! Pequenas coisas, podem fazer uma grande mudança. Você pode usar um vidro com moedas antigas, um vaso com folhas e flores secas ou rolhas de vinho e muito mais. Uma dica interessante é prestar atenção no equilíbrio. Decore, exponha e depois, olhe de longe para ver ser a arrumação está harmoniosa, desse jeito não tem erro.

Você procura por apartamentos em Santos? Não perca mais tempo procurando por aí. O imóvel perfeito está na Myx Imóveis. Clique e conheça!

Apartamentos em Santos. Apartamentos para alugar ou vender. Myx Imóveis

 

 

Fonte: Decoracao.com

 

Leia Também 

Conheça Santos: Embaré

Igreja do Embaré

Embaré

Fotografias e recordações de antigos moradores é só o que restou do Embaré de outros tempos, quase desabitado, cheio de brejos e chácaras de japoneses. Hoje são quase 40 mil habitantes, espalhados entre a orla da praia, aristocrática e movimentada, e outras áreas mais simples e tranqüilas, onde crianças brincam nas ruas, homens conversam nos bares e mulheres se reúnem nos portões.

 

 

Por incrível que pareça, para os lados mais retirados, distantes da chamada zona nobre, ainda há muitos chalés e enormes quintais cheios de árvores. Mas, não se sabe por quanto tempo os donos dessas casas quase centenárias resistirão aos apelos dos corretores, em busca de espaços para a construção de novos edifícios. A transformação parece inevitável, dando novas feições a esse bairro que já mudou tanto nesse século.

 

Quem diria? O mar já foi verdinho e tinha propriedades terapêuticas, segundo se dizia. Coisas que os antigos nem gostam de relembrar. O motorista de táxi número 1 de Santos, por exemplo, prefere falar sobre passageiros ilustres que transportou e contar como se livrou de assaltantes, que queriam fugir sem pagar. Melhor do que ouvi-lo reviver esses fatos é constatar o ambiente amigo que existe no “Chiqueirinho”. Um bar tradicional.

 

Você procura por apartamentos em Santos? Não perca mais tempo procurando por aí. O imóvel perfeito está na Myx Imóveis. Clique e conheça!

Apartamentos em Santos. Apartamentos para alugar ou vender. Myx Imóveis

 

 

Fonte: Isso é Santos

Leia Também

Chocolate, delicioso e saudável também

Chocolate

Além de delicioso o chocolate traz benefícios pra saúde. Bem dosado e do tipo certo, o chocolate pode até ajudar a emagrecer. “O melhor é o amargo, que tem maiores quantidades de cacau e, por isso, mais benefícios”, explica a nutróloga Sylvana Braga, especialista em prática ortomolecular, São Paulo. A quantidade não deve ultrapassar 30 gramas por dia – o equivalente a uma barra pequena ou dois bombons. Ao utilizá-lo no preparo de ovos, trufas, bolos e outros doces, é preciso uma atenção maior: além de aumentar o número de gorduras e calorias da sobremesa, o chocolate pode perder os nutrientes quando muito aquecido. Confira a seguir sete motivos para manter essa delícia no cardápio.

Dá saciedade

O chocolate pode ajudar você a sentir-se mais satisfeito e não exagerar na comida. Uma pesquisa realizada pela Universidade de Chung Hsing, em Taiwan, mostrou que os ácidos fenólicos presentes no cacau podem aumentar a produção do hormônio leptina, que aumenta a sensação de saciedade.

A nutricionista Raquel Maranhão, da Clínica BeSlim, do Rio de Janeiro, lembra que outros fatores podem interferir na produção de leptina, como a menor concentração de insulina que diminui o nível do hormônio. Por isso, não adianta apenas consumir chocolate sem atentar para os outros fatores envolvidos.

Protege contra derrames 

Segundo a nutróloga Sylvana, o cacau é rico em antioxidantes que reduzem a inflamação nas artérias e a aderência do colesterol à parede dos vasos, prevenindo a formação de trombos na corrente sanguínea e, consequentemente, o AVC(acidente vascular encefálico). Um estudo realizado pelo Karolinska Institutet, na Suécia, confirma esse benefício. Eles descobriram que as mulheres que comiam aproximadamente duas barras de chocolate por semana – aproximadamente 60 gramas – estavam até 20% mais protegidas contra derrames em comparação com aquelas que nunca comiam o doce.

Ajuda a emagrecer 

O chocolate pode ajudar a emagrecer – desde que inserido dentro de uma alimentação balanceada. Segundo Sylvana Braga, o doce é rico em cafeína, que acelera o metabolismo e ajuda a queimar calorias, mas é preciso ingerir a versão amarga, com muito cacau. A diminuição do estresse e da ansiedade e o aumento da saciedade também são benefícios que podem contribuir para eliminar mais rápido os quilos extras.

Um estudo realizado pela Universidade da Califórnia (EUA) encontrou resultados parecidos: pessoas saudáveis que praticavam exercícios físicos e comiam chocolate regularmente (duas vezes por semana) tendiam a ter menor índice de massa corpórea (IMC) do que aquelas que se exercitavam e comiam chocolate com menos frequência.

Melhora o raciocínio 

Sylvana Braga explica que a cafeína presente no chocolate pode estimular a memória, a atenção, a concentração e o desempenho mental em geral. Após acompanhar dois grupos na solução de equações, especialistas da Universidade de Northumbria, no Reino Unido, notaram maior agilidade e número de acertos entre as pessoas que consumiram 500mg de flavonoides, substâncias encontradas no chocolate amargo e meio amargo (a versão ao leite também oferece flavonoides, mas em quantidade bem menor).

Controla o colesterol 

A nutricionista Raquel explica que o consumo de chocolate amargo – rico em cacau e flavonoides – pode auxiliar na diminuição do colesterol total e do colesterol LDL (o colesterol ruim). Os antioxidantes diminuem a inflamação e o acúmulo de gordura nos vasos.

Antienvelhecimento

Raquel Maranhão conta que, por ser rico em antioxidantes, vitaminas A e do complexo B, o chocolate ajuda a neutralizar os radicais livres do organismo que, quando elevados, podem provocar danos celulares relacionados ao processo de envelhecimento. É por isso que o doce também é usado em cosméticos com efeito regenerador, antirrugas e antienvelhecimento.

Promove bem-estar 

Sylvana Braga explica que o chocolate libera endorfinas que melhoram o humor e a ansiedade e ainda combatem a depressão e o desânimo. Além disso, ele fornece energia, melhorando a disposição para as atividades diárias, e concentra outras substâncias, como triptofano, teobromina, feniletilamina, fenilalanina e tirosina, que reforçam a sensação de bem-estar.

Uma pesquisa realizada pelo Centro de Pesquisas Nestlé, em Lausanne, na Suíça, investigou a relação entre o consumo diário de chocolate e o nível do hormônio cortisol, responsável pelo estresse. Os cientistas observaram que o nível de cortisol baixou consideravelmente em todos os participantes que consumiam o doce, chegando a 40% de redução naqueles que sofriam com a ansiedade.

 

Você procura por apartamentos em Santos? Não perca mais tempo procurando por aí. O imóvel perfeito está na Myx Imóveis. Clique e conheça!

Apartamentos em Santos. Apartamentos para alugar ou vender. Myx Imóveis

 

 

Fonte: minhavida.com.br

Leia Também

Dicas para cães e jardim conviverem em harmonia

Animais e jardins

É preciso ter paciência e disposição para ensinar as regras ao cão.

Conciliar dois amores tão diferentes quanto os bichos de estimação e um belo jardim nem sempre é tarefa fácil. Mas os especialistas garantem: com uma boa dose de paciência para lidar com o animal e um pouco de critério para escolher as plantas, ambos podem se desenvolver superbem juntos.

O primeiro passo é delimitar as áreas. Se houver espaço disponível, a melhor alternativa é reservar uma área exclusiva para o cão. “Muitos cães têm a necessidade de cavar, sobretudo os que vivem em regiões quentes, porque procuram lugares frescos para brincar”, explica a adestradora da Cão Cidadão, Juliana Nishihashi. A área pode ser delimitada com cerca de ferro ou madeira e planejada para ser atraente para o animal. Assim, fica mais fácil mantê-lo afastado do restante do jardim. “Brinquedos como garrafas pet vazias ou cheias de ração, bolinhas, cordas e ossos também estimulam o cão a permanecer no seu cantinho, sem avançar sobre o restante do espaço”, ensina Juliana Nishihashi.
Treino, treino e mais treino
Em muitos casos, não basta só colocar barreiras físicas para impedir o acesso do cão ao jardim, é preciso ensiná-lo a diferenciar o certo do errado. De acordo com a adestradora, é sempre melhor recompensar o animal quando ele adota um comportamento correto do que puni-lo quando erra. “O dono pode utilizar uma guia para restringir o acesso do cão ao jardim e recompensar com petiscos sempre que o cão ficar na área considerada permitida, obediente e brincando com algum brinquedo dele”, sugere Juliana.
A guia deve ter o tamanho certo para permitir que o cão corra e brinque no gramado, mas sem chegar à área cultivada. “É como se o cão levasse uma bronca da coleira sempre que tenta acessar o jardim”, diz o adestrador Eric Gustavo. Durante o treino, o ideal é evitar deixá-lo sozinho e solto na área verde, até ter certeza de que ele entendeu a lição. Em caso de bagunça, só dê bronca se o animal for pego no ato. “Puni-lo após o feito não resolve”, ressalta.
Se o animal já fez um buraco num local impróprio, uma dica é preencher a cavidade com fezes do próprio cão e depois cobrir com terra. “Isto vai repeli-lo”, explica o adestrador. Só não use essa tática quando houver um canteiro de hortaliças por perto, porque as fezes podem contaminar verduras e legumes. Outra orientação que costuma evitar problemas é prender o cachorro na hora da jardinagem. Isso porque, ao ver alguém cortar as folhas e a cavar terra, o animal pode se sentir estimulado a agir da mesma maneira.
No mais, é preciso ter paciência até que os cães se acostumem com as regras, o que varia de um cachorro para outro. “Depende da raça, da idade, do grau de atividade do animal, entre outros fatores”, diz Juliana. De modo geral, quanto mais disposição houver dos donos para os treinos diários, mais rápido aparecerão os resultados.
Jardim amigo do melhor amigo
Na hora de montar o jardim também é importante pensar no bem-estar do cãozinho. Algumas espécies de plantas, apesar de bastante populares, são tóxicas e podem afetar a saúde do animal se ingeridas. Nesta lista estão a azaleia, o lírio, a coroa-de-cristo, o comigo-ninguém-pode, a costela-de-adão, o fícus, a samambaia, o antúrio, o copo-de-leite, a hortênsia e a espirradeira.
Também devem ser evitadas as plantas que, embora não ofereçam riscos, são atraentes demais para os cães. “Será difícil mantê-lo afastado de um miolo de bromélia, por exemplo, uma planta doce que os animais adoram comer”, diz a paisagista Erly Hooper. Espécies rústicas e espinhentas, como agave, iuca e cacto são resistentes ao avanço dos pets e boas opções. Para alegrar o jardim sem prejudicar os bichos, escolha flores como rosa, verbena, lilás, boca-de-leão, petúnia, begônia, cosmos e amor-perfeito.
Por fim, além da escolha das plantas, é importante avaliar com critério os produtos que serão utilizados na manutenção do jardim. Agrotóxicos devem ser evitados ao máximo, principalmente nas plantas às quais os animais têm acesso. O mesmo vale para granulados contra lesmas ou formigas, facilmente ingeridos e extremante tóxicos. Nesses casos, inseticidas naturais são as melhores soluções. “De qualquer forma, sempre que for usar qualquer produto diferente, evite deixar o cão solto logo depois da aplicação e, se possível, consulte o veterinário para checar que tipo de reação adversa pode ocorrer em caso de contato acidental”, aconselha Juliana.

De onde vem o Ovo de Páscoa?

Ovos de Páscoa - A ORIGEM

Presentear com ovos na Páscoa é um costume muito antigo, de pelo menos três mil anos antes de Cristo. Mas não eram ovos de chocolate, como conhecemos hoje, e sim ovos de galinha pintados à mão.

A tradição começou com povos pagãos (que acreditavam em vários deuses) da Europa central e oriental. Durante o inverno, por causa da neve, as famílias permaneciam em casa pintando as cascas de ovos. Quando chegava a primavera, estes ovos eram oferecidos aos deuses, pedindo proteção.

 

 

Com o surgimento do Cristianismo (religião que segue os ensinamentos de Jesus), o ovo passou a ser um dos símbolos da Páscoa, pois representa vida nova e ressurreição de Cristo. Além disso, a data é celebrada justamente no início da primavera no hemisfério norte.

Até hoje, é costume dar ovos de galinha, pata ou de madeira aos amigos e familiares nos países eslavos (como a Ucrânia, Polônia, Rússia, etc).

“Na Ucrânia, os ovos se chamam pêssankas, e os desenhos são geométricos. Já na Polônia, recebem o nome de pissankis, e as figuras representam a natureza”, explica o artista plástico Eloir Jr., especialista na arte milenar da pêssanka. Ele é do Paraná, estado que recebeu muitos imigrantes desses países.

Cada símbolo pintado tem um significado. Triângulos representam religiosidade. Linhas retas simbolizam a vida eterna. E estrelas significam sucesso.

Mas a forma de decorar os ovos mudou muito. “Antes, a tinta era produzida a partir de legumes e vegetais. Para produzir a cor vermelha, a beterraba era fervida em uma panela com água e deixada de molho por dias e até semanas. Depois, o ovo era mergulhado nesse líquido”, conta Eloir. “Para obter tons de verde usava-se a couve, enquanto os tons de marrom eram feitos com casca de cebola. Atualmente, usamos anilina”.

Mas até hoje, os desenhos na casca do ovo são feitos com cera de abelha derretida na chama de uma vela, de forma bem artesanal.

 

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Você procura por apartamentos em Santos? Não perca mais tempo procurando por aí. O imóvel perfeito está na Myx Imóveis. Clique e conheça!

Apartamentos em Santos. Apartamentos para alugar ou vender. Myx Imóveis

 

Curiosidades:
* Pêssanka vem do verbo pessaty e pysanka é derivada de pysaty. Em ambos, o significado é escrever
* São usados ovos de galinha, pata, codorna ou feitos de madeira e porcelana
* Em escavações arqueológicas, foram encontrados indícios de pêssankas de 3.000 anos antes de Cristo
* Para os pagãos, a pêssanka era usada como amuleto contra mau-olhado
* Os poloneses fazem a brincadeira walatka em que as pessoas batem uma pisanka na outra. Se quebrar o ovo do adversário, o vencedor fica com todas as pisankas

 

 

Fonte: Folha

Leia Também