Cinema: A menina que roubava livros

a menina que  roubava

Filmes sobre o nazismo já vimos vários, cada um abordando um acontecimento, uma consequência, uma família ou pessoa específica que viveu, à época, sob o intenso comando de Hitler. Em A Menina que Roubava Livros, conhecemos a história de Liesel Meminger (Sophie Nélisse), uma jovem filha de mãe comunista que também sofreu com o regime alemão.

Somos apresentados à Liesel pela Morte, que narra o longa – narrativa essa que aparece somente quando conveniente, se ausentando durante grandes porções do filme. É logo que entendemos a árdua jornada da garota: sua mãe, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto, deixando a jovem ainda mais sozinha e desamparada.

Sua saga como ladra de livros inicia-se no breve enterro de seu irmão. O coveiro deixa cair um livro, que é logo surrupiado por Liesel. Curiosamente, são poucos os livros que ela realmente rouba dali em diante. O foco principal da trama passa a ser os relacionamentos da garota, como ela muda as vidas ao seu redor e vice-versa.

a menina que roubava livros

Rudy (Nico Liersch), seu melhor amigo, apoia Liesel na escola e em casa. Sua personalidade mais aberta e expansiva ajuda a menina a não ser tão fechada. Ao conhecê-lo, ela passa a compartilhar mais sobre si mesma e entende o valor de uma verdadeira amizade. Hans (Geoffrey Rush), seu pai adotivo, é o primeiro par de braços a acolhê-la após ser deixada pela mãe biológica; já sua esposa Rosa (Emily Watson), forte e dura, passa disciplina e respeito.

NA MYX IMÓVEIS VOCÊ ENCONTRA AS MELHORES 
CASAS EM  SANTOS. CONFIRA O NOSSO SITE AQUI.

Também são presentes na vida da menina Max (Ben Schnetzer), um judeu fugitivo que encontra refúgio no porão de Hans e Rosa; e Ilsa (Barbara Auer), a esposa do prefeito. Ambos, assim como Hans, incentivam a leitura da garota – mas não têm impacto tão profundo quanto os três primeiros. O desenvolvimento de personagens, principalmente de Max e Ilsa, é superficial e deixa a desejar, causando um grande desfalque na trama do filme, que se apoia principalmente nisso.

a-menina-que-roubava-livros1-300x190

A montagem da narrativa, picotada e ansiosa, também não se encaixa na trama calma de A Menina que Roubava Livros. Cenas curtas e desnecessárias abrem caminho em meio a importantes pontos da trama. Max, um dos portos seguros de Liesel, passa boa parte de seus momentos doente e inerte, sem interagir com a menina, que lê livros “emprestados” para fazê-lo retomar a consciência.

Por fim, a história de Liesel não é somente sua – muito menos de seus momentos como ladra. Entendemos as dificuldades não só dos rejeitados por Hitler na Alemanha nazista, mas também dos mais pobres, dos jovens que eram obrigados a cumprir deveres militares e dos inúmeros sacrifícios que todos deviam fazer para proteger os mais afligidos. A menina que roubava livros é um mero fio condutor para mostrar como aqueles tempos eram ruins.

Fonte: Omelete

Gibiteca de Santos abre mostra HQ Caiçara com artistas da região

gibiteca-santos
Em comemoração ao Dia do Quadrinho Nacional a Gibiteca Marcel Rodrigues Paes abre a mostra HQ Caiçara nesta quinta-feira, uma exposição com trabalhos de artistas de Santos e região, entre roteiristas e desenhistas.A mostra conta com mais de 20 participantes, muitos reconhecidos internacionalmente como Denis Dym, Fábio Yabu, Alexandre Bar, Flávio Calazans, Fábio Coala, Hector Lima, André Alonso e muitos outros. O objetivo é fazer com que a mostra  vire uma exposição itinerante e que possa viajar para fora do país, como para a cidade Amadora em Portugal, parceira da Gibiteca desde o ano passado e que possui um núcleo de estudos em histórias em quadrinhos.
A exposição será aberta às 19h, com entrada gratuita, na própria Gibiteca, localizada no Posto 5, em frente à rua Oswaldo Cruz, no bairro do Boqueirão, em Santos.
Fonte: A Tribuna

Como funciona o seguro-fiança

Proprietários-de-imóveis-que-recorrem-ao-aluguel-como-geração-de-renda-também-devem-prestar-contas-à-Receita-Via-Cabo-Frio

Locador que aderir a modalidade terá a garantia de recebimento do pagamento em dia pela seguradora, em caso de atraso ou inadimplência do locatário

Dentre as modalidades de garantias locatícias, o seguro-fiança se destaca cada vez mais como a melhor opção, tanto para o locador, quanto para o locatário.

Isso porque, o locador terá a garantia de recebimento do pagamento em dia pela seguradora, em caso de atraso ou inadimplência do locatário, e não precisará aguardar o desfecho de processos judiciais morosos.

PARA NÃO TER PROBLEMAS COM O ALUGUÉL DO SEU IMÓVEL
O MELHOR É DEIXÁ-LO COM A MYX IMÓVEIS.

Para o locatário, o seguro-fiança também é vantajoso, vez que ele não terá que pedir favor a parentes e amigos, porque não precisará de fiador. Também não prestará caução, com o depósito à vista de três aluguéis, opção, aliás, que não é muito aceita pelos locadores, em razão de sua insegurança e insuficiência.

Ao contrário do que muitos pensam, o procedimento do seguro-fiança é fácil e rápido. Para a sua aprovação, o locatário deverá comprovar renda mensal equivalente a quatro vezes o valor mensal da locação, e essa renda poderá ser composta por até três locatários. O seguro será anual, com renovações obrigatórias, ou pelo prazo completo do contrato, e seu pagamento, em parcelas.

Conheça o nosso perfil no Google+: google.com/+MyxImóveisSantos

Fonte: ZAP/Imóveis

Aplique ideias úteis ao seu banheiro

118

As pessoas dão muita importância para a decoração da sua casa, e é bastante comum observarmos decorações extravagantes, contrastes de cores e outros toques pessoais. Porém esquecemos, muitas vezes, de decorar nossos banheiros e eles acabam com aquela cara antiga e sem graça que não tem nenhuma personalidade, e vamos combinar a personalidade dos moradores da casa reflete na decoração.

Atualmente, porém, os decoradores dão cada vez maior importância à decoração de banheiros e começamos já a observar banheiros totalmente diferentes daquilo a que estávamos habituados. Isso parece lógico, já que esta é a primeira divisão em que as pessoas entram, assim que começa o dia. E para o dia começar bem, nada melhor do que lavar a cara para acordar e ter prazer quando se olha ao redor. Assim, é imprescindível que o banheiro tenha uma decoração adequada, dentro do gosto pessoal dos seus usuários e levando em consideração o seu objectivo.

ESCOLHA UM TEMA PARA A DECORAÇÃO DE BANHEIROS

Para que você consiga uma decoração apropriada para o seu banheiro, será necessário que defina qual o tema que lhe pretende dar e também qual o tipo de decoração.

Por exemplo, se o seu objetivo passa por ter um banheiro rústico, as madeiras e os tons quentes devem ser elementos privilegiados na sua decoração, sendo necessário utilizar de forma inteligente pormenores e objetos chave cujas cores contrastem com o resto da decoração, de modo a destacar determinados espaços. A louça do banheiro deverá ser de linhas curvas e com bastantes pormenores.

Por outro lado, se você deseja que a decoração do seu banheiro seja diferente do habitual, mas ao mesmo tempo simples, então o ideal é dar-lhe um estilo moderno, dando preferência às cores neutras e serenas, tais como os brancos, azuis claros, verdes e beges. As linhas das loiças e acessórios deverão ser retas.

Bamheiro iluminado

Obviamente que o ideal é que a decoração de banheiros tenha alguma coisa a ver com o resto da sua casa, de modo que, para escolher o estilo do banheiro, você deve optar pelo mesmo estilo que predomina nas restantes divisões da casa. Se estivermos a falar de uma suite, então o banheiro terá obrigatoriamente que ter uma decoração que combine com a da suite. Deste modo, você conseguirá uma decoração harmoniosa para o seu lar.

ALUGAR, VENDER, COMPRAR, TODAS AS OPERAÇÕES IMOBILIÁRIAS
PEDEM UMA IMOBILIÁRIA DE CONFIANÇA. CONFIE NA MYX IMÓVEIS.
ACESSE NOSSO SITE E CONFIRA.

ILUMINAÇÃO ADEQUADA PARA DECORAÇÃO DE BANHEIROS

Você pode espalhar velas aromáticas pelo seu banheiro. Elas ajudam na decoração, criando um ambiente agradável e perfumado. No entanto, as velas, por si só, não são uma fonte de iluminação suficiente para o seu banheiro. Quando muito, poderão ser usadas como luz de presença.

Você deve colocar pontos de luz estrategicamente, de modo a que tenha luz suficiente para fazer a sua higiene pessoal. Uma boa solução é usar focos orientáveis, de modo a que tenha uma boa iluminação nos pontos mais importantes do seu banheiro, como é o caso da pia e do duche.

Aproveite bem estas dicas para ter banheiros decorados e aplique no seu!

Não deixe de conhecer o nosso perfil no Google+: google.com/+MyxImóveisSantos

 

Fonte: Decorar Ideias

Crédito imobiliário da Caixa atinge recorde de R$134,9 bi

agencia caixa

Depois de registrar um recorde em contratações do crédito imobiliário em 2013 e superar a previsão para o período, a Caixa Econômica Federal estima que a modalidade continue crescendo em 2014, ficando de 10 a 20 por cento acima do registrado no ano passado.

Em 2013, o crédito imobiliário da Caixa totalizou 134,9 bilhões de reais, ante uma estimativa de 130 bilhões para o ano, informou a instituição nesta segunda-feira.

De acordo com o banco, do montante aplicado no último ano, 65 por cento foram destinados à aquisição de imóveis novos e 35 por cento para usados.

“No total, foram 61,64 bilhões de reais em aplicações com recursos da poupança (SBPE), mais de 50 por cento de tudo o que foi feito no mercado”, disse o banco em comunicado. Outros 41,22 bilhões foram das linhas que utilizam recursos do FGTS e 20,47 bilhões de reais de recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR). As demais fontes somaram 11,57 bilhões de reais.

 

IMÓVEIS FINANCIADOS PELA CAIXA COM ÓTIMAS CONDIÇÕES DE PAGAMENTO
CONHEÇA A MYX IMÓVEIS E VEJA O QUE PREPARAMOS PARA VOCÊ.

 

Os financiamentos para aquisição ou construção de imóveis individuais corresponderam a 79,12 bilhões de reais e os financiamentos para a produção de imóveis atingiram 55,83 bilhões de reais.

“O financiamento direto à produção vem apresentando crescimento significativo nos últimos anos, saindo de 14 por cento do total do crédito imobiliário do banco, em 2007, para 41 por cento do total aplicado em 2013”, acrescentou a Caixa.

Minha casa, minha vida

O Minha Casa Minha Vida encerrou o ano com 900 mil unidades contratadas, levando para 3,24 milhões de unidades contratadas desde o lançamento do programa, disse o banco.

Até o final de 2013, o programa do governo entregou mais 1,5 milhão de moradias.

 

Fonte: Exame

Iluminação adequada valoriza os espaços da casa

lighting

 

Aqui na Myx a gente adora trazer dicas que podem deixar a sua casa mais atraente e entre essas dicas nós trazemos a iluminação. A combinação adequada de luzes pode fazer o olhar de um espaço inteiro diferente. As luzes brilhantes são usadas para ambientes abertos e a luz fraca para trabalhar algumas configurações especiais, como datas românticas. Muitas vezes, as pessoas desconsideram a iluminação como um dos projetos essenciais na estética da casa. Mal sabem que é importante para a iluminação ser corretamente posicionada para que possa destacar as tintas, pisos e outros acessórios da residência.

Segundo a design de interiores Sílvia Penna, as luzes devem ser devidamente harmonizadas com o tipo e cores do lugar, atendendo a cada ocasião. “Por exemplo, se você tem uma varanda com uma parede de vidro de correr, certifique-se de colocar um aparelho de iluminação que combine com a cor e o estilo da varanda”. Segundo ela, a iluminação do banheiro também é uma questão importante a se considerar, para que não só acrescente claridade para chuveiros e espelho, mas também melhore o humor geral do ambiente.

light2

 

A seguir estão alguns benefícios importantes para alcançar com uma boa iluminação:

  1. Um dos maiores riscos de quedas de idosos é a falta de visibilidade. Assim, uma boa iluminação na casa pode ajudar a diminuir esse risco. Acidentes ocorrem mais comumente em áreas como a cozinha e escadas. Melhorar a iluminação reduz o risco de tropeções e quedas
  2. Uma boa iluminação, de fato, melhora o desempenho de funcionários e como eles se sentem valorizados e tratados. Ela contribui muito para a sensação de bem-estar das pessoas. Esta ideia também se aplica a iluminação doméstica. Quando a casa tem uma boa iluminação, seus membros tornam-se mais motivados para trabalhar em casa e manter o seu estado de tranquilidade.
  3. Uma abordagem de iluminação eficaz para a sua entrada pode deixar a casa com olhar mais quente. Uma sobrecarga de luz em um interruptor, por exemplo, ajuda a definir um estado de espírito adequado à sua porta da frente.

A ILUMINAÇÃO É UM DETALHE QUE TRAZ ACONCHEGO.
MAS ENCONTRAR O IMÓVEL PERFEITO É O PRIMEIRO PASSO PARA ISSO.
CONFIRA O SITE DA MYX IMÓVEIS E SAIBA MAIS.

 

light4

 

Como mencionado acima, existem três tipos básicos de iluminação que trabalham juntos em sua casa, ou seja, ambiente, tarefa e iluminação de realce. Um plano de iluminação ideal combina todos os três tipos para iluminar uma área de acordo com a função e estilo. Para simplificar, no entanto, podemos enumerar quatro tipos de iluminação de acordo com a localização.

Iluminação interior: A luz deve se converter em um clima mais quente e mais hospitaleiro. Uma grande lâmpada, lustre ou sutis luminárias embutidas fazem a iluminação ambiente mais aconchegante.

Iluminação exterior: Um caminho bem iluminado, luzes sensíveis ao movimento e uma campainha que está à vista são opções bem vindas. A iluminação exterior deve ser de fácil acesso, para facilitar passagens ao ar livre, bem como os encontros típicos no quintal.

Iluminação natural: Inclua a iluminação natural em seu projeto de iluminação. Pense através da expansão de sua janela da cozinha, uma vez que pode aumentar a luz natural na cozinha sem limitar o espaço de armazenamento.

Iluminação simulada: Estas devem ser alteradas com energia eficiente e lâmpadas para uma luz mais natural e realista, bem como uma melhor economia. A chave é escolher as lâmpadas adequadas para a área, bem como o seu posicionamento adequado no espaço.

Fonte: SeuImóvelWeb

Bonde é opção para quem quer conferir um cenário diferente da cidade.

BONDE_01

foto:  Marcos Piffer

 

Janeiro combina mesmo é com passeio. E não importa se você é turista, morador da cidade ou está pelo Centro trabalhando, a todos recomendo embarcar no Bonde Turístico de Santos, um dos mais charmosos e agradáveis da cidade. O trajeto de 5 km percorre cerca de 45 minutos mais de 40 pontos de interesse arquitetônico e cultural do Centro Histórico. Com saída da Praça Mauá, onde está localizada o Paço Municipal e acompanhado de um guia, é possível ver o Conjunto do Carmo, Pantheon dos Andradas, Correios, Casa da Frontaria Azulejada, Santuário Santo Antônio do Valongo, Estação de Trem do Largo Marquês de Monte Alegre – Valongo, Casarões do Valongo (onde será instalado o Museu Pelé), Bolsa do Café / Museu dos Cafés do Brasil, Casa José Bonifácio, Mausoléu Brás Cubas (Fundador de Santos), Alfandêga, Casa do Trem Bélico, Outeiro de Santa Catarina entre outros. O bacana também é descer e conhecer melhor cada ponto, pois vale uma visita mais apurada aos seus interiores, como é o caso do Outeiro de Santa Catarina, marco inicial do povoamento de Santos, as Igrejas e demais equipamentos, todos com muita história e beleza para serem aproveitadas.

 

APARTAMENTOS EM SANTOS PARA QUEM QUER APROVEITAR O MELHOR DESSA CIDADE
VOCÊ VAI ENCONTRAR NA MYX IMÓVEIS. CONFIRA O NOSSO SITE.

 

Os próprios bondes também já são uma atração à parte, todos passaram por um trabalho minucioso de restauração para entrar em funcionamento. Santos já conta com uma frota de 12 exemplares e são chamados de “Museu Vivo do Bonde”, e em breve haverá uma sede própria, no Armazém 12-A, no bairro do Valongo. Com o projeto, Santos tornou-se referência mundial na recuperação de bondes, o que vem proporcionando doações de exemplares vindos de países como Itália, Japão e Portugal.

 

 

A Linha Turística do Bonde funciona de terça a domingo, das 11 às 17h
Ingresso R$ 5,00 – gratuito para menores de cinco anos e maiores de 65 anos
Embarque na Praça Mauá – Centro Histórico de Santos

 

Fonte: A Tribuna/ Sansão