NASA recomenda 5 plantas para purificar o ar da sua casa

espada-de-sao-jorge.jpg

Dificilmente encontramos alguma casa que não possui uma planta. Além de embelezarem o local, algumas delas possuem uma função bastante válida, ou seja, purificar o ar.

A Nasa, em 1989, realizou um estudo para determinar quais plantas seriam mais eficazes para deixar o ar mais purificado em ambientes fechados. O levantamento levou em consideração vários poluentes mais comuns:  benzeno, xileno, amoníaco, tricloroetileno e formaldeído.

Bill Wolverton, que atualmente comanda a ONG Wolverton Environmental Services, é o autor do estudo. A BBC Mundo entrou em contado com ele para saber se as recomendações ainda são válidas atualmente. Assim, Wolverton elaborou uma lista com as cinco melhores plantas para limpar o ar de uma casa. De acordo cm ele, o ideal é “ter uma variedade, já que algumas são melhores que outras para eliminar substâncias químicas especificas do ar”.

Jibóia (Epipremnum aureum)

Esta planta é muito popular, além de ser facilmente encontrada também é muito resistente. Necessita de poucos cuidados e se adequa em diferentes locais.

 

Lírio da paz (Spathiphyllum)

A planta sobrevive com pouca luz e pouca água. Ela absorve os cinco contaminantes de ar analisados pela Nasa.

 

Palmeira-dama (Raphis excels)

Esta planta pode chegar até 3 metros de altura. O cultivo da palmeira-dama é melhor em locais com temperaturas mediadas e sem luz direta. Conforme  a Nasa, ela é responsável por eliminar do ar o formaleído, xileno e amoníaco.

 

Espada de São Jorge (Sansevieria trifasciata)

A espada de São Jorge é muito usada na decoração de interiores, e costuma de adaptar bem em qualquer local. Ela suporta temperaturas altas e também bem baixas. Ela é eficaz para eliminar o benzeno, xileno, formaleído e também o toluene e o tricloroetileno.

 

Árvore-da-borracha (Ficus elástica)

Esta planta é muito resistente. Em poucos anos ela é capaz de crescer muito rápido. Ela é eficaz na eliminação do benzeno, xileno e toluene e também age contra o formaleído e o tricloroetileno.

IMÓVEIS NA BAIXADA SANTISTA COM PREÇOS IMPERDÍVEIS.
ACESSE A MYX IMÓVEIS

www.myximoveis.com.br

Câmara aprova o fim da taxa de laudêmio

santos.png

As taxas de marinha (laudêmio, ocupação e foro), pagas por mais de 40 mil proprietários de imóveis na Baixada Santista, poderão ser extintas. O Governo Federal quer vender sua parte nos terrenos, desvinculando os habitantes das cobranças hoje existentes.

A proposta foi aprovada pela Câmara dos Deputados nesta semana e vai, agora, ao Senado, onde deverá ser decidida e enviada à Presidência até dezembro, para sanção.

Essa foi a alternativa encontrada pela União para arrecadar dinheiro em tempos de crise econômica.

Quem vive sob o regime de aforamento (área repartida entre União e morador) tem posse de 83% do terreno. O restante pertence ao Governo Federal, e esses 17% poderão ser vendidos, com base no custo de mercado. Ou seja, se uma área vale R$ 500 mil, o proprietário terá que pagar R$ 85 mil para se tornar dono do terreno por completo e não ter mais taxas a pagar.

Para quem vive em apartamento, o valor de mercado do terreno seria dividido pelo número de unidades do edifício.

Os que vivem sobre o regime de ocupação – isto é, têm concessão do Governo para ocupar a área – terão de pagar integralmente pelo território. A titularidade da propriedade seria transferida ao morador, o que também ocasionaria o fim da taxa de uso e ocupação e do laudêmio.

Pode haver desconto 

Quem aceitar a compra no prazo de um ano após a publicação da portaria que listar os terrenos à venda terá 25% de desconto. Voltando ao exemplo do aforamento: sobre os R$ 85 mil incidiria a porcentagem promocional, e o valor cairia para R$ 63.750.

Pessoas comprovadamente carentes ou de baixa renda (que ganham até três salários mínimos mensais) serão dispensadas do pagamento.

O deputado federal João Paulo Papa (PSDB), que integra a comissão mista (de deputados e senadores) que discutiu a matéria, vê positivamente o possível fim das taxas de marinha. “A luta é muito antiga. Se o projeto for aprovado e sancionado, será uma grande oportunidade para a população se livrar dessas cobranças”.

Durante a discussão na Câmara, os deputados aprovaram emenda de PMDB e PP para dividir 20% do dinheiro obtido com os municípios onde as áreas estão localizadas.

Fonte: A Tribuna

Essa é a cor que promete estar na moda da decoração em 2016

ocredourado.jpg

Ocre-dourado – guarde este nome, pois ele será tendência em 2016, pelo menos nas paredes de muitos lares por aí. Isso porque a pesquisa Colour Futures, realizada pela Tintas Coral, elegeu esta tonalidade como a cor do ano em 2016.

A cor, de acordo com o estudo, é uma transição do tom laranja-acobreado, a cor de 2015, e combina com tons beges, marrons e outros amarelos, além de tons suaves de azul.

Trata-se de uma cor que pode ser usada em ambientes internos e também em áreas externas.

“É tom versátil, que combina com outras tonalidades, criando diferentes efeitos e se adequando a vários estilos de decoração”, afirma a pesquisa.

A cor foi eleita por um seleto grupo de especialistas, que elegeram o tom levando em consideração segmentos como da moda, arquitetura, decoração e comportamento.

 

Fonte: Exame

Hora de pensar em preparar a casa para o verão

casa no verão.jpg

Já passamos da metade de novembro, é tempo de começar a pensar no verão. Desde as cortinas brancas até as coleções de conchas ou as flores, são coisas que costumam estar presentes numa casa nesta estação. Mostramos algumas maneiras simples para preparar uma casa para a estação mais quente e divertida do ano.

1 – Coloque cortinas brancas: quanto mais simples e luminosas, melhor.

2  Coloque conchas num copo de vidro: compra um copo cilíndrico de vidro e encha-o de areia e conchas.

casa para o verão - conchas.jpg

3  Coloque objetos coloridos pela casa: coloque almofadas coloridas, cerâmicas alegres ou até mesmo um violão, ou seja, objetos que convidem a desfrutar do verão.

casa para o verão - objetos.jpg

4  Monta una zona de bar: com una bonita bandeja, uns copos e um montão de limões você pode fazer de um balcão da cozinha ou do terraço um canto refrescante e agradável.

casa para o verão - drinks.jpg

5  Coloca uma cadeira de balanço: seja ao ar livre ou em alguma divisão da casa.

casa para o verão - cadeira de balanço.jpg

6  Redecore a cozinha: deixe a cozinha o mais simples possível, eliminando objetos desnecessários. Assim quando for cozinhar terá a sensação de que estás numa  casa na beira da praia.

casa para o verão - cozinha.jpg

 

ALUGAR APARTAMENTOS EM SANTOS FICA SIMPLES E FÁCIL COM A AJUDA DA EQUIPE DA MYX IMÓVEIS
www.myximoveis.com.br

 

7  Coloque pedaços de madeira pela casa: se encontrar um pedaço de madeira bonito, limpe e coloque-o no centro de uma mesa ou numa estante.

casa para o verão - madeira.jpg

8  Enfeite a mesa: em vez de guardar os faqueiros em gavetas, guarde-os em caixas com um design bonito e coloque-os em cima da mesa.

casa para o verão - mesa decorada.jpg

9  Decore com flores silvestres: numa taça de compota coloca flores silvestres e deixe-o em qualquer divisão da casa: quarto ou banheiro.

casa para o verão - banheiro.jpg

10  Mude a roupa das camas: invista em estampados de riscas náuticas ou estampados marinhos.

casa para o verão - roupa de cama.jpg

 

 

 

11  Se tiver uma varanda, coloque sofás: é uma ótima solução para descansar nas noites de verão.casa para o verão - varanda.jpg

 

Fonte: Ideias de Decoração

Está querendo casar? Planeje a cerimônia gastando menos

couples+money+wedding+dress

Iniciar uma vida a dois endividados ou ter que dispensar a lua de mel porque a festa estourou o orçamento são situações para lá de chatas que podem ser evitadas com planejamento e definição de prioridades. Uma festa memorável não precisa custar uma fortuna e dão dicas para quem quer enxugar gastos sem abrir mão de um dia inesquecível.

Casamento que cabe no bolso

Fuja da alta temporada

Se você não faz questão de casar no mês das noivas, evite programar sua cerimônia para maio, quando os preços ficam mais salgados. Novembro e dezembro são meses procurados e por isso, também inflacionados. Sem contar que o último trimestre concentra as confraternizações corporativas, o que reduz a oferta de datas nas casas de eventos. Uma saída para gastar menos é casar entre junho e agosto, quando a baixa procura permite conseguir mais descontos. Escolha também o dia da semana ideal ao seu bolso: as sextas-feiras, domingos e vésperas de feriados costumam ser mais em conta do que os sábados.
 

Lista de convidados enxuta

Para quem quer fazer um casamento econômico, não há nada pior do que uma lista de convidados imensa. Isso porque os custos (buffet, decoração, lembrancinhas…) estão quase todos atrelados ao número de convidados. Lembre-se: vale mais a pena proporcionar uma festa bonita e divertida para pessoas que realmente são importantes na vida do casal do que fazer uma cerimônia mais ou menos para uma multidão. Privilegie familiares próximos e amigos queridos. No trabalho, ao invés de convidar a empresa inteira, chame apenas o pessoal do seu departamento.
 

Simplifique os convites

Deixe de lado os envelopes decorados, os papéis vegetais e os adornos desnecessários. Se quer economizar, faça convites de uma única página (de modo que possa ser dobrado), com um layout elegante e em um papel de qualidade. Nos dias atuais, o calígrafo já não é imprescindível. Só não abra mão de uma boa impressão e de uma escrita correta, mesmo se optar por uma linguagem informal. E não se esqueça de que o design do convite deve refletir a personalidade dos noivos e dar uma pista sobre o grau de formalidade da cerimônia.
 

Tudo no mesmo lugar

Realizar a cerimônia e a festa no mesmo espaço reduz o tempo de deslocamento dos fornecedores pagos por hora. Além disso, algumas igrejas tradicionais cobram uma taxa alta para celebrar casamentos e por vezes exigem que o casal contrate somente profissionais cadastrados pela instituição.

O QUE REALMENTE NÃO PODE FALTAR É LUGAR PARA MORAR JUNTO.
ACESSE http://www.myximoveis.com.br E ENCONTRE AS MELHORES OPORTUNIDADES EM IMÓVEIS PARA VOCÊ E O SEU AMOR COMEÇAREM A VIDA A DOIS.

Defina prioridades

Um evento bem-sucedido não pode dispensar um espaço agradável, com lugares para todos se sentarem, um buffet de boa qualidade e uma equipe de apoio bem treinada. “Para casais que querem economizar sempre falo para se preocupar com o buffet e com DJ. Afinal, boa comida e animação são essenciais”, comenta a cerimonialista da Potencial Eventos, Juliana Mielke. Aliás, no quesito festa, contratar uma banda é bem interessante, mas sai muito mais caro do que fechar com um DJ ou um cantor single.

Comes e bebes

Em uma festa de casamento, o maior investimento do casal deve ir para os comes e bebes, mas algumas estratégias podem ajudar a economizar nesse item. Por exemplo, busque cardápios que já incluam sobremesas, assim você não precisa investir numa mesa de doces generosa. Optar por um brunch no lugar de um jantar formal também ajuda a reduzir o custo. Para diminuir o staff, esqueça o serviço à francesa e deixe que os convidados se sirvam. Em substituição ao serviço de bar completo, ofereça cerveja, um bom vinho e um coquetel.

Mesa para muitos

Quanto maior for a quantidade de mesas, maiores são os gastos com toalhas e arranjos. Por isso, se a intenção for economizar, prefira distribuir pelo salão mesas com, pelo menos, oito ou dez lugares. Na hora de decorar, opte por flores da estação, que são sempre mais em conta e igualmente belas às exóticas.
Fonte: UOL

Valorize os imóveis antes de vender

casa reformada

O momento atual é propício para buscar propostas inteligentes para investir na moradia e conseguir aumentar seu valor para disparar frente à concorrência. Fazer simples melhorias e consertos é uma dica geral dos profissionais consultados para esta reportagem. Porém, vale ressaltar que nem tudo funcionará de igual para igual. Por exemplo, instalar uma ducha fria na cobertura é um bom investimento para quem vive onde o tempo é quente o ano inteiro. Em regiões frias, essa medida não traria vantagem alguma. O mesmo caso pode ser adaptado para quem pensa em derrubar uma parede para ampliar um quarto de uma casa com mais de 50 anos. É inviável! Substituições de portas, janelas e pisos são mais eficientes e não custam tão caro. Pinturas e renovação de redes elétrica e hidráulica também entram na lista! Sem falar que é mais fácil pagar um empréstimo para bancar reformas do que quitar parcelas de um futuro imóvel por não ter conseguido capital de revenda. Para escapar da bruxa que está arruinando contratos país afora, tome nota das medidas a seguir.


1 CUBRA AS SUPERFÍCIES
No topo das melhorias rentáveis estão troca de pisos e pintura de paredes! Se o chão seja de madeira, tente restaurá-lo. Se for de outro material, a profissional indica a instalação do piso vinílico por cima dele, pois é barato e de fácil aplicação e manutenção. Quanto às paredes, repinte-as ou aposte no papel adesivo. Na área interna, a cor branca confere leveza, amplitude e limpeza.

2 DESTAQUE A LIMPEZA

Invista no banheiro e na cozinha, pois ninguém gosta de se higienizar e comer em locais com má aparência. Se possível, troque louças e metais. Nesse caso, ela se refere à substituição de cubas, bacias sanitárias, torneiras e registros. Em vez de mármore, que com o tempo tende a fissurar, priorize bancadas e pias de granito, pois são mais resistentes e fáceis de limpar. Mantenha os azulejos e rejuntes impecáveis.


3 ATENÇÃO AO JARDIM
A boa notícia é que contornar a selva é rápido e simples. Nos canteiros, faça pequenas hortas com ervas para chás e temperos – elas sempre encantam as pessoas! Se for um gramado, apare-o para não permitir a proliferação de pestes e ervas-daninhas. Vale investir também em suculentas, que não precisam de água todos os dias e são fáceis de cuidar.

4 CONQUISTE ESPAÇO

Quanto maior o imóvel, mais caro é o seu valor no mercado. Mas o metro quadrado não é a única medida que conta. A amplitude visual e a forma como casas e apartamentos se apresentam também somam pontos. O segredo é maximizar a sensação de espaço de cada ambiente. Para isso, substitua cortinas pesadas por persianas e deixe a claridade entrar. Por fim, limpe a desordem e se livre de velharias estocadas que só contribuem para causar desconforto e ar de aprisionamento.

Se quiser vender, o lugar certo é na Myx Imóveis. 
Acesse www.myximoveis.com.br


5 VALORIZE O AMBIENTE
Prega o ditado que a primeira impressão é a que fica, e com razão! Para realçar o imóvel à venda, nunca descuide da fachada. Pichações nos muros, por exemplo, sugerem abandono ou falta de segurança. A dica é trocar a porta de entrada e as esquadrias das janelas. Na parte de dentro ajeite os móveis, procure não exagerar na decoração com estampas e insira arranjos de flores nos cômodos.


Para melhorar a qualidade do ar dentro do imóvel, principalmente durante a visita de potenciais compradores, evite tapetes e deixe janelas abertas

Fonte: Casa e Construção

Efeito de cimento queimado no seu apartamento

ap-cimento-queimado

O efeito de cimento queimado é uma das mais novas tendências da decoração. A textura ajuda a criar vários tipos de efeito, desde rústico até industrial, harmonizando muito bem tanto com outros tons de cinza quanto no contraste com o colorido. O cimento queimado também é uma opção muito econômica para quem quer repaginar a casa, pelo fato de ser usado em cima da tinta atual e mudar drasticamente a composição do ambiente.

A versatilidade do cimento queimado também é um fator positivo para quem pensa em usar o efeito. Também combina muito bem no piso, na parede e no teto. Portanto, o efeito de cimento queimado desponta como um curinga para a decoração e para os revestimentos, principalmente para quem não quer gastar muito. Confira alguns exemplos do uso do cimento queimado!

Na imagem do começo da matéria, a pintura da parede recebe o efeito de cimento queimado. A textura serviu de base para o trabalho das arquitetas com as estampas e as cores. O resultado foi um ambiente jovem e muito alegre. Há também uma ótima sintonia entre a parede de cimento queimado e o painel de madeira para a televisão. O projeto é da Óbvio Arquitetura.

loft-cimento-queimado

Nesse projeto, o cimento queimado dá as caras no piso e no teto, resultando em uma composição muito bem feita. O material ajuda a criar um estilo industrial para o espaço, aproveitando a grande área proporcionada pelo loft. Este ambiente foi idealizado por Marina Dubal.

Fonte: CasaLinda