7 ideias de home office para você se inspirar

Home Office

HORA EXTRA

Manu Oristanio

Ao montar seu home office, a primeira pergunta a fazer é: “Quanto tempo vou passar nesse espaço?” Se seu trabalho é realizado exclusivamente em casa, opte por um ambiente maior e mais reservado. Já se o uso for ocasional, invista em algo discreto, como a estante da página ao lado, que faz as vezes de escrivaninha e não interfere na decoração da sala.

TAMANHO FAMÍLIA

MCA Studio

Você tem de trabalhar e as crianças precisam fazer a lição? Ganhe mais espaço nos quartos tirando as escrivaninhas e monte um escritório comum que abrigue toda a família. Uma única bancada resolve a situação. “Não se esqueça de que ela deve atender às necessidades dos pequenos também: assegure que a altura da mesa e das cadeiras seja boa para eles e deixe o material escolar à mão”, sugere a arquiteta Ieda Korman, de São Paulo.

ESTILO PRÓPRIO

Living 4 Media

Já que está em casa, aproveite para imprimir sua personalidade ao ambiente. Decore-o com objetos que ofereçam inspiração e a estimulem no dia a dia. Por exemplo: bibelôs, quadros, fotos e até moodboards – aqueles painéis com recortes de imagens que lembram seus objetivos e desejos.

COMBINAÇÃO INFORMAL

Brando Cimarosti/Living 4 Media

Escrivaninhas e cadeiras diferentes – dá até para usar uma mesa de jantar! – embelezam e dão graça ao ambiente. Uma boa iluminação também é fundamental. Prefira montar seu home office próximo a janelas. “Além disso, complemente a luz do teto com abajures de mesa, que são práticos e criam um clima aconchegante”, diz Ieda.

GUARDA-TUDO

Annette & Christian/StockFood

Quando vida pessoal e profissional se misturam, a bagunça é quase certa. Evite que os materiais fiquem espalhados pela casa organizando-os em uma grande estante. Se quiser esconder papéis e outros objetos, opte também por nichos fechados. “O ideal é planejar quanto espaço será necessário antes de montar o home office e fazer um móvel sob medida. Ou procurar um que caiba no ambiente e seja prático”, diz a arquiteta Patricia Martinez, de São Paulo.

LUZ NATURAL

Carlos Piratininga

Na varanda, há garantia de boa iluminação – e você ainda ganha uma vista gostosa. Mas, para não perder essa área preciosa também para o lazer, faça dela um ambiente multiúso. Recorra a móveis com rodinhas e bancadas retráteis; assim, o escritório é facilmente desmontado no fim de semana ou para um encontro com amigos.

MÁXIMO APROVEITAMENTO

Richard Powers/Corbis

Alguns cantos desperdiçados da casa têm verdadeiro potencial para virar escritório. Este hall entre os quartos estava sem utilidade. De fácil acesso, se provou ser o lugar perfeito para o computador. “Se quiser evitar o ar de improviso, o segredo é seguir o padrão do restante da decoração, como acontece com este móvel de madeira clássico”, explica Patricia.