Coisas que cachorros ensinam sobre o que de fato importa

Cachorro sentado

 

Tenho contato com cachorros desde minha infância e sempre adorei a companhia dos nossos amigos de quatro patas. Quando disse para o meu marido que queria um cachorro, a princípio ele não ficou muito empolgado com a ideia. Eu estava viajando muito a trabalho na época, e ele sabia que a responsabilidade seria dele.

O acordo que fizemos é que ele poderia escolher a raça. Eu queria um cachorro pequeno, que não soltasse muito pelo e que pudesse passear sem coleira. O que adotamos, porém, foram três filhotes de husky siberiano. Uma raça conhecida por soltar um monte de pelo e que adora sair perambulando.

Apesar de anos passando aspirador para limpar os pelos espalhados pela casa, amamos tanto a raça que, quando os três originais morreram, adotamos outros dois! Nossos cães são uma fonte constante de amor e diversão, mas, além disso, eles nos ensinaram algumas das maiores lições de nossas vidas.

APARTAMENTOS OU CASAS EM SANTOS DE 2 DORMITÓRIOS A PARTIR DE R$ 200 MIL. CONSULTE O SITE DA MYX IMÓVEIS. AQUI SEU PODER DE COMPRA É MAIOR

Eis dez coisas que os cachorros nos ensinam sobre o que realmente importa na vida:

1. Viva o momento

Apesar de os cachorros lembrarem de coisas como onde guardamos a comida deles, que rua está no caminho de casa e quem já conhecem, eles só acessam essas informações quando precisam – no momento. Eles podem estar comendo uma tigela de ração ou correndo atrás de uma bola: cães vivem para o momento presente.

O passado já foi; você não pode fazer nada a respeito. O futuro é desconhecido. A única coisa que você pode realmente apreciar e influenciar é o presente.

2. Supere o medo com amor

Há muitas histórias sobre cães medrosos e agressivos que se transformaram em bichos bondosos e gentis depois que se mudaram para um ambiente cheio de amor.

Cachorros superam o medo e a insegurança com amor, e os humanos podem fazer o mesmo. O amor conquista tudo, de verdade, e o primeiro passo é amar-se a sim mesmo. Se você conseguir trocar a autocrítica pelo amor próprio a vida fica mais fácil, não importa a situação em que se encontre.

3. Não guarde rancores

Ressentimentos nascem nas nossas mentes. Os humanos provavelmente são a única espécie capaz de guardar rancor. Um cachorro jamais vai ficar bravo com você porque não ganhou uma comidinha extra depois do jantar de ontem.

Guardar rancor é um peso emocional que te impede de seguir adiante na vida. Esqueça deles e você vai entender o que é liberdade.

4. Brinque todos os dias

Cães amam brincar, o que envolve movimento: correr, buscar uma bola, pular. É um bom lembrete para que nós também brinquemos e movimentemos nossos corpos todos os dias. Brincar abre a mente e o espírito para todo tipo de novas ideias. É um intervalo necessário para uma vida de trabalho 24 horas por dia, 7 dias por semana.

E, se você fizer exercício enquanto brinca, melhor ainda. Os cachorros são um motivo para você sair de casa e caminhar, correr, fazer trilhas, andar de bicicleta ou de até mesmo de patins (mas eu não recomendaria andar de patins com uma raça que puxa como a minha. É muito divertido para eles, mas vai te deixar apavorado!)

5. Pule de alegria

Você já viu um cachorro correndo em círculos ou pulando de alegria só de pensar em ganhar uma comida de presente ou correr atrás de uma bola? Não seria legal se a gente também pudesse sair pulando quando estamos empolgados?

Vivemos numa correria tão grande que esquecemos de nos empolgar e comemorar as coisas boas. Estamos sempre pensando no que vem depois. Vivemos num mundo milagroso, em que o sol se levanta todos os dias, as flores florescem e as estações mudam. Há muitos motivos para pular de alegria.

6. Aceite quem você é

Você consegue imaginar um terrier querendo ter nascido um boxer? Um poodle com inveja dos pelos de um collie? Um pug querendo ter o focinho de um greyhound? Nós humanos passamos um bom tempo tentando nos adequar à visão de perfeição dos outros, em vez de amar nossas características únicas, nossa vida única e, sim, nossos problemas únicos.

Seria chato se todos os cachorros (ou todos os humanos) fossem iguais e se comportassem do mesmo jeito. Ame tudo a seu respeito – o bom, o mau e o feio.

7. Curta a viagem

Quando cachorros andam de carro, botam a cabeça pra fora e sentem o vento na cara. Eles não querem saber pra onde estão indo. Estão só curtindo a viagem. É ótimo ter metas, mas sempre esquecemos que o que importa mesmo é a viagem.

Quando nos prendemos demais nos resultados com certeza vamos ficar frustrados, deprimidos ou irritados se não atingirmos o objetivo. Da próxima vez que estabelecer metas, esteja aberto a outras possibilidades e curta cada momento de empolgação, criatividade e diversão da jornada – e também as lições.

 

Apartamento 2 dorms. em Santos R$ 250 mil

Vila Matias – Santos

  • Infraestrutura
    • 1 Vaga coberta
    • 3 Andar(es)
    • Portão eletrônico
  • Serviços
    • Cozinha
    • Área de Serviço
  • Social
    • 1 Sala(s)
  • Íntima
    • 2 Dormitórios
    • 1 Banheiro(s)
  • Área
    • 73,18 m² área útil
    • referência AP3025
  • Piso
    • Porcelanato

AGENDE UMA VISITA COM UM DE NOSSOS CORRETORES (13) 3221-5666

SELO

 

 

ECONOMIA : Economia brasileira deve crescer 1,3% em 2014 e 2% em 2015, revê FMI

O Fundo Monetário Internacional (FMI) reduziu mais uma vez a previsão de crescimento da economia brasileira para 2014 e 2015, destacando a fraqueza do investimento e do consumo no país. Para este ano, o Fundo cortou a estimativa de 1,8% para 1,3% e, para o ano que vem, de 2,7% para 2%, segundo relatório divulgado nesta quinta-feira. A instituição espera que o Brasil cresça bem abaixo da média projetada para os emergentes, de 4,6% para 2014 e 5,2% em 2015. São números inferiores até mesmo aos estimados para o conjunto das economias avançadas, de 1,8% e 2,4%, pela ordem.

Entre os grandes emergentes, o Brasil só deverá ter um desempenho superior ao projetado para a Rússia, um país envolvido num conflito com a Ucrânia e que tem sido alvo de sanções econômicas dos Estados Unidos e da Europa. Para este ano, o FMI reduziu a estimativa para o crescimento russo de 1,3% para 0,2% e, para o ano que vem, de 2,3% para 1%. As novas projeções fazem parte da atualização das previsões do Panorama da Economia Mundial (WEO, na sigla em inglês) feitas em abril. O relatório aposta em crescimento neste ano de 7,4% na China, de 5,4% na Índia e de 1,7% na África do Sul.

Os números do FMI, porém, ainda são mais otimistas do que os que aparecem no Boletim Focus. Os analistas ouvidos pelo Banco Central (BC) estimam avanço da economia brasileira de apenas 0,97% em 2014 e de 1,5% em 2015.

Ao comentar os motivos da redução das projeções para o Brasil, o economista-chefe da instituição, Olivier Blanchard, disse que o ajuste se deve mais “à demanda interna”, citando o investimento fraco e o consumo fraco. “Nós acreditamos que essa fraqueza no Brasil vai ocorrer não apenas neste ano, mas também no próximo”, afirmou Blanchard, em curta entrevista divulgada no site do FMI. O relatório diz que, no Brasil, “as condições financeiras mais apertadas e a contínua fraqueza na confiança dos empresários e do consumidor estão segurando o investimento e afetando o crescimento do consumo”.

Blanchard fez os comentários sobre a economia brasileira ao falar das razões para o corte nas projeções para a América Latina. Para a região, o Fundo reduziu a estimativa de crescimento de 2,5% para 2% em 2014 e de 2,9% para 2,6% no próximo ano. Ele também tratou da economia do México, que viu a sua previsão de avanço para 2014 recuar de 3% para 2,4%. Segundo ele, essa queda se deveu à forte influência dos EUA, que tiveram um primeiro trimestre muito ruim, com contração anualizada de 2,9%, e também à demanda interna mexicana, que foi um pouco fraca.

Com recomendação geral, o economista-chefe do FMI disse que a América Latina precisa fazer reformas estruturais para acelerar o crescimento. “A boa notícia é que ele estão fazendo, especialmente o México, que promoveu um ambicioso programa de reformas estruturais. Isso deve aumentar o crescimento futuro, e nós estamos felizes com esse acontecimento”, afirmou ele, que divulgou a atualização das projeções na Cidade do México. Para 2015, o FMI manteve inalterada a estimativa para o crescimento da economia mexicana em 3,5%.

 

fonte: valor.com.br

FINAL DE SEMANA. Algumas regras e dicas para a hora de beber um vinho.

 

  • Como o vinho deve ser guardado em casa.
    Qualquer garrafa de vinho deve ser guardada num local que cumpra os seguintes quatro requisitos: garrafas deitadas; local com uma temperatura entre os 12 e os 14º C; humidade entre os 70 e os 80% ; e ao abrigo da luz. Como é quase utópico conseguir estes valores em casa, recomenda-se a aquisição de uma adega.

 

  • Copo indicado para cada tipo de vinho.
    O mais importante é que seja sempre de vidro incolor, espessura fina e sem gravações ou pinturas. O cálice deve ter sempre o formato de tulipa: diâmetro da boca inferior ao do corpo. Para vinhos mais leves(branco e rose) copos de cálice mais estreito, para vinhos mais encorpados, copos com cálice mais largo. espumantes sempre no copo flute. Os vinhos do Porto já têm copos oficiais.

 

  • Idade não significa qualidade
    Quanto mais velho, melhor o vinho. Certo? Não necessariamente. Um vinho ruim pode ficar décadas oxigenando em barris de carvalho e continuará ruim. Quanto aos vinhos reconhecidamente bons, o que vale é ficar atento à safra – é mais importante saber se o ano em que o vinho foi fabricado teve uma boa safra do que sua idade.

APARTAMENTOS OU CASAS EM SANTOS DE 2 DORMITÓRIOS A PARTIR DE R$ 200 MIL. CONSULTE O SITE DA MYX IMÓVEIS. AQUI SEU PODER DE COMPRA É MAIOR

  • Preço (também) não significa qualidade
    Nunca escolha um vinho só pelo valor estampado na etiqueta. Para vinhos, a relação qualidade e preço nem sempre é válida. Para os leigos, é mais razoável pedir um vinho mais barato – um argentino, um chileno ou um bom nacional – do que tentar impressionar os outros pelo desfalque em sua conta bancária.

 

  • Mexer o vinho não é frescura
    Você já deve ter visto as pessoas mexerem a taça com o vinho antes de bebê-la – esse, também, não é um ritual injustificado. Ao sacudi-la em movimentos circulares, você está ajudando a oxigenar a bebida, deixando-a com o aroma mais apurado. O macete, porém, deve ser usado de forma criteriosa. Se a garrafa do vinho já estiver aberta em cima da mesa, ele torna-se desnecessário.

Casa 3 dorms. com churrasqueira em Santos R$ 380 mil

  • Infraestrutura
    • 1 Vaga descoberta
  • Serviços
    • Cozinha
    • Área de Serviço
  • Lazer
    • Churrasqueira
  • Social
    • 1 Sala(s)
    • Sacada
  • Íntima
    • 3 Dormitórios, Sendo 1 suíte
    • 3 Banheiro(s)
  • Área
    • 111,00 m² área construída
  • Piso
    • Porcelanato
    • Referência CA0276

CONSULTE ESTE E OUTROS IMÓVEIS AQUI. NA MIX SEU PODER DE COMPRA É MAIOR

SELO

DICA DE RECEITA: SALMÃO COM CROSTA DE ERVAS E COALHADA SECA CÍTRICA

 

PARA A COALHADA

Ingredientes

1 xícara (chá) de coalhada seca
raspas de 1/2 laranja
raspas de 1/2 limão siciliano
1 colher (sopa) de caldo de limão siciliano
1 1/2 colher (sopa) de azeite
1/2 colher (chá) de sal

Modo de Preparo

Numa tigela, misture todos os ingredientes. Reserve.

PARA A CROSTA

Ingredientes

1 colher (sopa) de tomilho seco
1 colher (sopa) de alecrim seco
1 colher (sopa) de orégano seco
1 colher (sopa) de páprica
1 colher (chá) de alho em pó
1 colher (chá) de semente de cominho
1 colher (chá) de sal

Modo de Preparo

Triture todos os ingredientes num processador de alimentos ou no liquidificador.

PARA O SALMÃO

Ingredientes

2 filés de salmão sem pele e sem espinhas
2 colheres (sopa) de azeite

Modo de Preparo

1. Num prato, coloque o tempero da crosta. Empane os filés de salmão dos dois lados (não é necessário cobrir as laterais) e deixe repousar por 5 minutos.

2. Leve uma frigideira com azeite ao fogo médio. Coloque os filés de salmão e deixe dourar, sem mexer, por 2 minutos. Vire os filés delicadamente e deixe cozinhar por mais 2 minutos. Se os filés forem finos, diminua o tempo de cocção. De qualquer maneira, a idéia aqui é deixá-los crus por dentro.

3. Sirva com uma generosa porção de coalhada.

FONTE:  Autor: Panelinha